quarta-feira, 27 de abril de 2011

segunda-feira, 18 de abril de 2011

sábado, 16 de abril de 2011

Ora aí está tudo o que precisam

E em português. E esta, hei?

(hmm... Ou se calhar não... Lá está: o primeiro passo para encontrar emprego na Alemanha é aprender alemão. Ninguém dá nada a ninguém!)

sexta-feira, 15 de abril de 2011

560


Eu por cá faço o que posso ;) Pelo menos os pontos n. 1, 5 e 6 daqui.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

E quatro anos se passaram...


Hmm... Começo a ter a sensação de que realmente por estes lados, Alemanha, a coisa "pia de maneira diferente" em relação ao mercado de trabalho.

(Eu teimo em pensar que o ritmo da evolução de certas coisas, aqui e em Portugal, se mantêm igual. Mas se calhar não...)

Em quatro anos aprendi a resumir o meu CV num flyer para levar a feiras industriais, onde, por sua vez, aprendi a apresentar-me como potencial trabalhadora; aprendi que existem entrevistas de trabalho via telefone e que nesse caso o meu sorriso lindo de nada serve; aprendi que colocando o meu CV na internet as empresas de recrutamento vêm até mim; e estou a ponderar criar uma página web para colocar o meu CV acessível a todos via internet (evitando assim a chatice de quem o recebe em forma doc tamanho 6MB).

Interessante...

Alguém me pode dizer como é em Portugal hoje em dia? Como se prepara o pessoal que anda à procura de emprego? Há sete anos sei eu como era e não incluía nada das coisas que descrevi acima. Se preferirem podem enviar as respostas para o meu mail :)

p.s.: Ah! E aprendi a enviar fotos ao pessoal utilizando o Picassa.

Foto daqui.

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Coisas que me fazem reflectir

"Não existe pobreza. Existe, sim, uma má distribuição da riqueza. Porque nunca antes houve tanto dinheiro como agora."

Fonte: desconhecida

p.s.: Isto e as legislativas antecipadas em Portugal :S

Porque até sou uma tipa porreira

Eu já aqui tinha dito que este blogue não tem qualquer intenção de servir de "empresa de recrutamento para portugueses" :)

Mas como sou uma tipa porreira, aqui fica uma dica para arquitectos :)
Quem quiser ir passar uns mesitos à Polónia, é só candidatar-se aqui.

terça-feira, 5 de abril de 2011

Três anos, três dias e três limões.


Três anos depois chegámos à conclusão que andávamos a comer raspas de "limão com casca imprópria para consumo". Nunca pensei que era isso que as letrinhas pequeninas escritas na etiqueta dissessem.

Hoje, fui mais uma vez comprar fruta e legumes ao meu local favorito: qualquer loja turca. É que lá encontra-se fruta mesmo fresca (daquela que aguenta mais de três dias e que sempre sabe a alguma coisa) e verduras mesmo tenrinhas (com ar de acabadinhas de apanhar).

Na loja, com o cesto das compras quase cheio, ainda escolho três limões. Mas a mim já não me enganam! Que eu andei três anos a raspar casca de limão para tudo o que era saladinha de alface, cogumelos fritinhos em alho, e até em doce de ovos caseirinho feito por moi(!). E vai-se a ver, a casca era imprópria para consumo...

Na caixa para pagar:

Ana: - "Desculpe, mas sabe-me dizer se a casca destes limões são próprias para consumo?" (ok, se calhar saiu mais um "sabe se se podem comer as cascas destes limões?")

Empregada da caixa: - "Se conseguir... (pausa) Nós usamos em bolos. Mas comer, assim... Deve dar."

:D Exacto! A empregada da caixa pensou o mesmo que eu: o normal é a casca do limão ser própria para consumo, seja ela para ser comida em bolos ou a cru às lascas :D

Foto daqui.

domingo, 3 de abril de 2011

Porra!

Vamos lá mas é a virar o disco de uma vez! Porque afinal há isto, isto, e ainda isto e mais isto e isto. E a lista "isto" não acaba aqui!

Já vos disse que esteve um dia lindo de chuva em Hamburgo?

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Aviso às meninas

Querem ficar sem celulite? Passem mês e meio na Tailândia na época de calor. É que essa época é uma espécie de "Banho Turco 24 / 24 horas" :D

p.s.: Há 15 anos que esperava por este momento ;)